Não precisa ser difícil - eu sei, é óbvio.

escrito por Rosa


Relacionamentos não precisam ser difíceis. Digo, relacionamentos são difíceis sempre, porque ser humano é bicho complexo demais da conta.  O que eu quero dizer é que, com 28 anos, eu me lembrei de uma coisa óbvia: não precisa sofrer.

A gente banaliza o que não deveria, então, mesmo que você saiba disso, convém que eu te lembre hoje, mais alguém lembra amanhã e essa deve, então, ser uma lembrança constante: não é pra doer, sabe?

Relacionamentos não devem nos dar a impressão que é um esforço sobrenatural conviver conosco. Não deveriam fazer a gente se sentir mendigando qualquer tipo de afeto. Relacionamentos afetivos não deveriam nos deixar tão inseguros, nem fazer a gente duvidar do que viu ou sentiu.

Olhando em retrospectiva, perco a conta de quantas vezes eu duvidei de que era capaz de ter visto o que vi e aceitei a desculpa do "você tá louca e paranoica". É absolutamente revolucionário afirmar que não está e - isso sim é difícil - saber que não está.

A gente esquece que é pra sentir ansiedade, no máximo, para ver a pessoa de final de semana. E não se consumir por dentro porque ela não dá notícia há 12 horas e você soa como maluca por se preocupar.  Por que a gente se convence que está errada em se sentir segura com alguém? Por que a gente ainda acha que é a sensação de perda constante que move o amor?
Não é.
Digo, não deveria ser.

Eu não aguentava mais viver em posição de combate, tentando convencer um ser humano que eu sou passível de despertar paixão. Já parou para pensar na maluquice que é você viver cotidianamente tendo que convencer outra pessoa que você vale à pena? Fazer isso é convencer a si própria que você não vale. Do contrário, você não gastava tanta saliva, saúde mental e disposição.

Eu não acho que tem a ver com ter encontrado minha "alma gêmea", nem nenhuma previsão de cunho espiritualista. O que eu acho, honestamente, é que lidar com alguém mentalmente saudável e que gosta de você com o suas dificuldades - e não apesar delas - nos lembra que somos um universo inteiro dentro de nós, com qualidades riquíssimas, mas também como limitações, que não deveriam ser motivo de automutilação, mas de convivência e aprendizado.

É segunda, o dia acordou lindo. Os problemas se enumeram, mas é preciso respirar. Espero que esse texto chegue até você como um abraço, um café e uma lembrança: não tem nada de errado com você.

Resultado de imagem para gif mulher florescendo


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com