O contrário de amar é desistir.

escrito por Rosa


Em que condições vocês desistem de uma pessoa?

Tenho me perguntado muito sobre isso. Meu pai fica irritadíssimo quando eu peço para que ele não fume mais charutos e sempre me pede "vá pedir para os seus amigos não fumarem!".  Eu digo sempre a mesma coisa: dos amigos a gente desiste, papai, de você não vou. Porque, ainda que eu sofra imensamente com o sofrimento de um amigo, não há nada no mundo que eu ame mais que a minha família.

Eu desisto de tretas infinitas com macho escroto. Eu brigo até o limite da minha saúde mental, mas eu acabo, ora ou outra, desistindo. Eu jamais desisto de aluno meu que faz comentários machistas.  São meus alunos, gente. Eu não posso nunca desistir deles, sabe?

Sou uma taurina teimosa, eu demoro muito a desistir das pessoas. Dou várias chances até assumir que, não, não adianta mais, cabô, parte pra outra. Quando eu vou, porém, é de vez. Bem difícil voltar atrás. Fico até me exaurir, é verdade. Mas a ida é via de mão única.

E não digo isso só em relacionamentos amorosos.  Já desisti de amigos que esetavam no limite do que eu poderia ajudar. Nada mais poderia ser feito que deixasse aquela pessoa melhor.  E tem gente que não quer mais ser ajudado.  Eu nunca vou negar um ombro amigo a alguém, mas há pessoas nas quais não dá para tentar explicar, cuidar, oferecer ajuda.

É uma pena: a raiva tem mais amor que a desistência; até o ódio tem mais envolvimento que dizer que, enfim, "deu pra mim". Acho seriamente que o contrário de amar é desistir, é simplesmente olhar e admitir, com os ombros cansados: eu não tenho mais o que oferecer aqui.

Resultado de imagem para gif mãos soltando


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com