Para viver no presente

escrito por Marina Sena


Há um tempo, escrevi no facebook sobre o quanto é difícil a gente viver no presente. Eu, por exemplo, estou sempre pensando no minuto seguinte, correndo atrás para realizar a próxima tarefa - e estando atrasada mesmo assim.

E é por isso que gosto tanto de viajar! Quando viajo as coisas são mais suaves e sem cobranças, além de meu tempo ser muito mais respeitado por mim: não fico pensando no próximo segundo, e sim, vivendo de verdade aquele momento. Mas queria essa sensação de liberdade todo dia!


As coisas são muito mais do que uma lista de tarefas, que nunca acabam, às vezes até nos fazendo deixar para depois a única coisa que realmente gostaríamos de fazer no dia. É uma corrida com a gente mesmo, e isso precisa ser vivido de outra forma, com mais significado e com menos obrigação.

Os amigos maravilhosos que comentaram na postagem (que comentei lá no início) me fizeram pensar muito a respeito disso tudo, e cheguei a várias conclusões que podem contribuir para ter uma rotina mais leve, se libertando de algumas amarras:

Ter consciência
Saber que estamos sempre na correria e que precisamos mudar isso é o começo de tudo, e talvez até a parte mais importante do processo. Parar e perceber o quanto somos rodeados de promessas de produtividade e que cada um de nós tem seu ritmo que deve ser respeitado é essencial. Depois, fazer atividades com consciência faz toda diferença: se for durante uma atividade física é uma das coisas mais maravilhosas que comecei a me permitir.

Respirar
Simples, né? Parece mesmo, já que é tão automático... Mas já pararam pra perceber o quanto respiramos errado? No quanto somos ansiosos? Nossa respiração está onde nós estamos, e é no presente. E tem tudo a ver com ter consciência. Pare por um momento e observe sua respiração: 

Exercício de presença e respiração: inspire e expire!

Meditar faz bem
Comecei a meditar há tempos, mas com a correria acabei deixando de lado. E pensar que 20 minutos são muito suficientes - e é algo que sempre me deixava mais no presente e menos afobada! Se ainda não experimentou, tente! Faz mesmo uma diferença enorme na vida.

Procrastinar é ruim
Precisamos fazer o que é preciso fazer. E procrastinar é um ciclo sem fim... Então "vai e faz". Esse é um dos melhores conselhos que recebi na vida. Vai e faz, sem pensar. Não é sempre tão simples assim, mas pensando dessa forma costuma funcionar melhor depois de certo tempo.

Observe as crianças
Elas nos ensinam muito sobre viver no presente. Se você tiver o privilégio de conviver com crianças, observe como elas lidam com isso: sempre estão vivendo o momento!

Fazer nada também é fazer alguma coisa
Sempre me obrigo a fazer algo pelo motivo de que se eu não estiver fazendo, estou perdendo tempo. E isso não é verdade. Não fazer nada ou dormir (amo!) são sim coisas que merecemos - pelo menos de vez em quando.


E quando tudo parecer ainda meio impossível, peça ajuda: isso também é importante. Podemos dividir tarefas, delegar, e também, quem sabe, perceber que nem tudo é preciso ser realizado pra gente ser feliz, viver com sentido e no presente ♥


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com