When we were young

escrito por Rosa


Tocou no rádio aquela música linda que fica ainda mais linda na voz da Adele e eu fico pensando nessa letra que parece que ela escreveu pra você.

A música começa falando de alguém que todo mundo ama.
Alguém que todo mundo escuta.
Alguém que prende a atenção por onde passa e a letra diz:
´cause you feel like home.

Sabe o que isso significa?
Eu me lembro até hoje que uma das primeiras coisas que aprendi sobre a língua inglesa é que a gente não pode confundir house (casa) com home (lar).
Tem gente que é lar, e acho que você tem essa capacidade.

Lar é muito mais que o espaço físico, cê bem sabe. Já me senti fora de casa mesmo estando deitada na minha própria cama; do mesmo modo, eu já me senti completamente protegida estando a quilômetros de qualquer pessoa na qual eu confiasse plenamente.
Ser humano é esquisito e não tem nenhuma regra.

O que eu sei - e, às vezes, acho que tô mesmo enganada - é que você me dá essa impressão de lar toda vez que volta pra cá.
Eu sempre acho que não vou me sentir tão acolhida, mas eu me sinto. Talvez seja a minha mania tonta de me concentrar no que as pessoas tem de melhor, e deixar, mesmo que me machuque, o lado ruim sempre latente, sempre ali, sempre na iminência de causar a dor - mas enquanto não causa, ah, como é bem vindo esse abraço.

A música conta de pessoas que se conhecem desde a infância. E cê não sabe, mas a letra ainda fala que a pessoa age como um filme e soa como uma música. Como será que uma pessoa que soa como música se parece? Se você fosse uma música, ia ter um ritmo bem calmo, mas com uma letra bem dolorosa... aquelas músicas que enganam a gente e parecem românticas e felizes, mas narram um acontecimento absurdo, sabe? Dessas que a galera não entende a letra e bota pra tocar em casamento, mas combinaria mais com a separação.

Não, não é que você minta. Eu que tendo a criar histórias e fazer do meu mundo o espaço onde dançam as personagens. Tem uma história da gente, bem bonita, que começa mais ou menos assim:
era uma vez.



Nenhum comentário:

Postar um comentário


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com