Séries maggníficas - Jessica Jones

escrito por Marina Sena


(talvez contenha spoilers)

Já contei sobre um seriado que tem uma protagonista mulher admirável, e há um tempo assisti também a primeira temporada de Jessica Jones. Criada por Melissa Rosenberg para a Netflix, baseada na personagem de mesmo nome da Marvel, ela é uma ex-super heroína que encerrou sua carreira e então abre sua própria agência de investigações, a Alias Investigations.

Jessica Jones é incrível por várias questões, questões também urgentes e que explodiram em diversos textos quando fez sua estreia. Depois que encerra sua vida como super heroína e busca viver normalmente tentando fugir do passado, Jessica percebe que esses traumas de antes voltam a atormentá-la, e então decide que precisa fazer algo sobre, e sabe que é a única quem pode resolver. Seus traumas foram causados por Zebediah Kilgrave, um cretino que a torturou com abusos físicos e psicológicos, já que possui o superpoder de controlar mentes, e que então retorna à vida de Jessica - e aqui entra também muita coisa sobre estupro e relacionamento abusivo.

Jessica e Kilgrave

Dessa vez, mais preparada para lidar com Kilgrave, conta também com a ajuda de Luke Cage, com quem inicia um relacionamento, e de Trish (Patsy) Walker, sua melhor amiga. Mesmo que você não goste de histórias com super-heróis, essa é uma que vale a pena assistir. Jessica x Kilgrave levantou muitos debates, com muita gente romantizando as atitudes dele, torcendo para esse personagem, chegando até a ficar com dó; gente, ele é um vilão manipulador e a série proporciona o debate de como precisamos olhar para isso na vida real, de como precisamos parar de romantizar esses abusos.

Jessica também gera uma identificação real por não ser perfeita: ela é alcoólatra, irônica, antipática. O final é lindo, e esse seriado foi fantástico para as mulheres! Elas são fortes, são amigas, são machucadas, são complexas; elas brigam mas também lutam <3

Jessica e Trish

Assim como Scandal, Jessica Jones também possui mulheres fortes, poderosas e humanas, passíveis de erros, como todas nós. Todas são mais fortes quando contam com o apoio de outra mulher. O ideal sobre um seriado com protagonistas mulheres ainda não é esse, quando gira principalmente em torno de relacionamentos heteronormativos, mas todas as discussões são válidas, e a amizade entre mulheres é muito importante; são assuntos dos quais precisam ser falados, é uma realidade que precisa ser mostrada. 

Já assistiram Jessica Jones? O que acharam? Me contem! Pode ser aqui ou no Facebook :) 

Ah, e segue o Maggníficas também no Instagram, vai? O perfil é @maggnificas.
Beijo beijo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com