que você...

escrito por Rosa


que me abrace, 
que me desculpe toda vez que parecer maluca, 
que não se esqueça, que não desapareça, 
que se entenda, 
quem me aguenta?
que me agarre, 
que me beije, 
que não se queixe da mancha de batom...que não cante no tom, 
que não faça as coisas certas e não pense nas coisas erradas. 
que me queira, que pareça que me queira em sete vidas, 
em todas as horas. 
que não perdoe grosserias, 
que não saiba desenhar, 
que não saiba cantar, 
que só saiba ler, 
cada linha da minha mão, cada letra do meu corpo, cada frase da minha boca. 
que venha sem ter que ir o tempo todo, 
que fique mais um minuto, 
que minta, que sinta, que diga que sente. 
que me envolva, que me distraia, que me mate de rir e de chorar, e que depois me ressuscite. 
que me deixe viva, que me sinta viva, 
que me ame, na cama e no mundo, 
quando o teto ou céu desabar,
que conte pintas e conte estrelas, 
que me enlace, que me disfarce, 
que não se envergonhe de mim, 
que se queixe, que se queixem, que se danem!
que não me deixe pra depois.

Foto da Dé, d' A Casa Retrato, para nosso último Editorial

O texto é velho, guardado há anos. Mas ele diz tanto de viver um relacionamento, que resolvi trazer de volta "à vida"


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com