#EscutaModaPlus

escrito por Marina Sena


Gente, vocês viram a hashtag EscutaModaPlus? Ela surgiu com um vídeo da Babu Carreira:

            

O #EscutaModaPlus é um movimento criado para que nós falemos, de modo aberto e sincero, sobre o que pensamos e acreditamos que pode e deve ser mudado dentro da moda plus size. Isso servirá como um canal direto com as marcas, tornando o mercado plus size a par de nossas ideias, sugestões e reclamações, para que possam analisar e refletir sobre a moda que estão nos oferecendo, e assim poderem melhorar, inovar, se reinventar.

Também acredito que devemos nos unir, principalmente para um resultado maior e tão enriquecedor. Eu me descobri na moda plus size e devo minha autoestima a ela. Esse movimento plus fez muito por muitas de nós e ele avança a cada dia, mas obviamente ainda há um longo caminho a ser percorrido. E por eu ter tanto carinho por esse movimento e tudo que ele me proporcionou e ainda proporciona que eu acredito que o #EscutaModaPlus é super válido e urgente! Se temos a chance de pelo menos tentar melhorar, por que não fazê-lo, não é mesmo?

Concordo que há marcas que se destacam, que estão na frente de outras, que oferecem uma moda que queremos e merecemos; mas ainda são pouquíssimas. Algumas ainda têm medo de arriscar ou não querem mudar, por acreditarem que "em time que se ganha não se mexe". Mas minha gente, e se esse time pode ganhar mais?


Já ouvi donas de lojas plus size dizendo que não arriscam e investem em novidades por não terem retorno com essas peças diferentes, que lojistas não compram, que consumidores finais não procuram. Eu acho que isso está mudando, mas mesmo assim, pergunto: como vamos arriscar mais se não temos onde comprar?

Da mesma forma que a sociedade é influenciada a enxergar a beleza como um padrão em corpos magros de pessoas brancas e héteros, e nós lutamos para mudar isso aparecendo por aí, vestindo roupas "não favoráveis" e lançando campanhas body positive, essas novas tendências e uma nova moda precisa surgir. As pessoas precisam se acostumar a nos ver por aí, e assim, começarem a achar que esses outros corpos também podem ser bonitos e que não deve existir um padrão. Como alguém pode ser sugestionado e provocado a pensar em mudar uma ideia se ela não a vê? Se não a apresentam? Se não faz parte da realidade dela? 

O que eu quero dizer é: não dá pra saber que não há retorno ou que as pessoas não procuram se isso não é feito e nem divulgado, pois as pessoas não sabem que há essa nova ideia surgindo.

Nós queremos tendências, estampas, transparências, listras, modelagens e cortes modernos, roupas para ir à academia, qualidade, preço justo, respeito aos manequins, padronização, representatividade, diversidade, modelos em campanhas sem abusos do Photoshop. 

As marcas precisam perceber que nossos corpos não são iguais. Marcella e eu vestimos o mesmo número de manequim, mas nossos corpos são totalmente diferentes. Queremos moda de verdade, atual e inclusiva. Moda para todos, como símbolo de expressão, símbolo de liberdade. 


Queremos que a moda plus size acompanhe simultaneamente a moda regular, com relação a tudo isso, trazendo as tendências no momento em que elas surgem. Queremos roupas que nos representem, queremos poder escolher as roupas que usaremos, e não o contrário. Não queremos somente nos vestir com o que existe, isso já fazemos desde sempre e sim, já sabemos como é. Nós queremos mais.


(Quero deixar claro que nós não nos submetemos às marcas e já recusamos diversas propostas de parcerias. Nós divulgamos o que achamos bacana e o que achamos que vale a pena, às vezes deixando para lá coisas que poderiam ser reivindicadas, preferindo ficar com o que há de bom. Talvez possamos começar a mudar e questionar, iniciando com esse post, com essa hasthag; também considero que nosso Blog é um veículo de comunicação livre, sim. Aqui nós falamos sobre o que queremos, quando temos vontade. Por isso esse post está saindo só agora, por exemplo. Hahahaha)



Eu adorei a iniciativa! E vocês, concordam? 
Desabafem comigo: deixem opiniões e vamos conversar! Pode ser aqui, no Facebook ou no nosso Instagram (@maggnificas).

#EscutaModaPlus


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com