Marinices

escrito por Marina Sena


Oi, pessoas! Tudo bem com vocês?

Como passaram o feriado?

Eu passei o feriadinho em Extrema, Minas! O pai do meu namorado está morando lá e fomos visitá-lo! Para aproveitar o passeio, também convidamos meu pai e a esposa dele para irem conosco! Foi super divertido e eu conto depois com mais detalhes em um post separado, tá?





Comecei a assistir com o namorado o seriado Demolidor, que fez sua estreia esse mês na Netflix e é exclusiva da parceria com a Marvel. A série conta a história e percursos de Matt Murdock, que ficou cego quando garoto num acidente de carro, mas que passou a ter poderes sensoriais bem singulares. Matt luta por justiça em todos os momentos, como advogado durante o dia ou a noite como Demolidor.

Estamos no terceiro episódio e já rolaram uma cenas pesadas, mas é bem legal e o namorado disse que é fiel aos quadrinhos. Estamos gostando e li que a segunda temporada já está confirmada! o/

Li também que Demolidor é o primeiro de uma série que será lançada na Netflix, resultando em um seriado dos Defensores, mas ainda sem previsão de lançamento.



Também assistimos o filme O Jogo da Imitação, no Caixa Belas Artes, aqui em São Paulo. Foi uma dupla experiência pra mim, porque eu não conhecia o Belas Artes (#vergonha) e o filme é bom demais, não sei porque não assisti antes! Alguém aí já viu? 

(para quem não viu e não conhece a história, pode conter spoilers)

É baseado em uma história real e trata da vida de Alan Turing, matemático inglês e pioneiro na computação que liderou uma equipe para descobrir o código de Enigma, máquina que os alemães usaram na Segunda Guerra para mandar mensagens à bases e submarinos. Com a quebra de Enigma ele ajudou a salvar milhões de vidas, e estudiosos dizem que a guerra foi encurtada em no mínimo dois anos em virtude da queda da máquina. Demais, né? Mas no final foi condenado por sua homossexualidade, ilegal na época, e passou por tratamento hormonal como alternativa à prisão, se suicidando após um ano de medicação, com 41 anos.

O cara salva a vida de milhões de pessoas e no final é condenado por ser homossexual! É um absurdo, fiquei revoltada, indignada! É um filme bastante interessante, com questões que podemos trazer para os dias de hoje, fazendo comparações e análises. Benedict Cumberbatch é um ótimo ator e o filme proporciona muitas reflexões. Vale a pena assistir!

Destaque também para a personagem de Keira Knightley, Joan Clarke, única parceira mulher na decodificação de Enigma, e foi amiga, confidente e ex-noiva de Alan. Foi uma mulher extraordinária, sério! Uma mulher forte, em um ambiente totalmente masculino, sabendo lidar com isso lindamente e focada em seu trabalho e em seus objetivos: fiquei apaixonada! 

             
         

Esses dias também fui em um outro lugar que ainda não conhecia, o Sancho Bar y Tapas, bar de cozinha espanhola na Augusta. Experimentei umas duas tapas, tomei um chopp que curti, o atendimento é muito bom e o ambiente é bacana. A comida é ótima! Provamos mexilhões frescos cozidos no vapor com vinho branco, alho e tomate com batata frita: estava uma delícia!



E sabem uma coisa linda que aconteceu ontem? Meu irmão e sua esposa me convidaram para ser madrinha da filha deles! E eu, como boa chorona, me derreti toda e claro que aceitei o convite... Amei! 


E vocês, o que me contam de bom?

Me contem aqui ou no Facebook! Já segue o Blog no Instagram (@maggnificas)?
Beijo beijo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com