Viajando: Morro de São Paulo/BA

escrito por Marina Sena


No início do ano combinei com uma amiga que faríamos uma viagem nacional no segundo semestre, pra um lugar que fosse super bonito e com bastante natureza, afinal nos formamos técnicas em Meio Ambiente! 

Começamos a pesquisar e são tantas opções! Pensamos em vários lugares em praticamente todas as regiões brasileiras, mas como também queríamos sol optamos em ir pra linda Bahia! Um casal também resolveu ir conosco e o destino foi Morro de São Paulo.


A ILHA
Para chegar em Morro, fomos até Salvador, pegamos um táxi até o centro náutico da cidade para pegarmos o catamarã até a Ilha. Quem enjoa no mar tem que tomar remedinho porque balança muito... Ficamos três horas no catamarã. Ouvimos dizer que há outro caminho por terra e por Valença, mas não chegamos a pesquisar. Na volta não voltamos de catamarã, a maré estava muito forte e não estavam autorizando a saída. Então pegamos o catamarã somente em um trecho, depois cerca de 1 hora de van e mais uns 40 minutos com outro barco (e esse foi o pior de todos, balançou muuuito e lembrava aqueles barcos vikings dos parques).

A Ilha é dividida pelas praias, da Primeira à Quarta. A Primeira é o “centrinho” da ilha, com lojas, alguns restaurantes, bastante artesanato e onde ficam os poucos e únicos bancos também. É onde a maioria – ou todos – os moradores da ilha moram. A segunda é mais agitada: cheia de restaurantes, pousadas e onde acontece o Luau. Da Terceira saem os passeios de barco/escuna e a Quarta é a mais paradisíaca.

Rua da Primeira Praia
Primeira Praia
Segunda Praia
O clima por lá estava uma delícia. Calor de dia e de noite, mas era um calor gostoso! Bate um ventinho do mar então não é aquele calorzão que faz você ficar suando o dia inteiro... Mas tem que passar e repassar o protetor várias vezes por dia (no primeiro dia eu não passei direito e já fiquei com as costas vermelha e ardendo)!

Na ilha não são permitidos carros nem outros meios de transporte, a não ser o táxi deles que na verdade são carrinhos de mão, que nos ajudam a levar as malas, levam também mantimentos para lojas e mercados e os gringos quando bêbados :P

O "ponto de táxi"

O QUE FAZER?
- Por do Sol
Quem for pra Morro não pode deixar de assistir o por do Sol! Eu assisti essa maravilha no Mirante, na Toca do Morcego e no Hotel Portaló. O Mirante é o lugar mais alto da ilha pra ver o por do Sol. A Toca do Morcego tem o clima que eu gosto mais: areia, almofadas no chão e sofazinhos, música ao vivo... É uma vibe diferente e muito boa. Paguei R$5 pra entrar e todo dia rolava uma promoçãozinha diferente. Dos três que fomos, o Hotel Portaló é o mais baixo e de onde achei a vista mais bonita.


Vista do Portaló
Vista do Mirante
Vista da Toca do Morcego
Toca do Morcego

- Tirolesa
Para os aventureiros e aventureiras, tem uma tirolesa que sai do Farol e cai direto no mar!

- Festas
Algumas festas rolam por lá, mas fiquem atentos com o que estão procurando... A maioria só tocava música eletrônica e era “feita” pra gringos, com música gringa e bebida ruim!

- Caipirinhas
Não deixem de experimentar a caipirinha de cacau com morango (servida no próprio cacau)! Também experimentei a de mangostão com rambutan (tipo uma lichia) e adorei, são muitas as barraquinhas que oferecem a bebida e a variedade de frutas é enorme!


Com a caipirinha de cacau e morango
Barraca de frutas e o mangostão e rambutan


- Passeios
Eu adorei e super indico fecharem todos os passeios que quiserem na Madalena Tur, acho que é esse o nome, mas para não ter erro é a primeira empresa de turismo da Segunda Praia. Falem com o Thor, ele é honesto e muito gente boa! Fizemos os passeios da Volta à Ilha e o Passeio do Banho de Argila que agora não lembro o nome... Mas adoramos os dois!





Piscina natural em um dos passeios

A viagem foi maravilhosa!


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com