Semana 2: Ficando firme!

escrito por Carol Caran


Olá MaGGníficas!

A segunda semana foi bem mais fácil do que a primeira. Exceto na segunda-feira. Não sei qual é as das segundas, mas mesmo de licença maternidade em com dias iguaizinhos, a segunda é estranha e me deixa mal humorada. 

Semana 2


A dieta:


O marido viajou a trabalho, então nos primeiros dias da semana eu comi meio sem ver, aquilo que já estava pronto na geladeira, correndo mesmo. Como não tem guloseima em casa, acabei comendo comida da dieta. Na terça, eu estava tão cansada que quase pedi qualquer bobagem pra ir dormir logo. Mas a mamãe salvou a pátria: pedimos um filé grelhado com brócolis e todo mundo fingiu que o arroz e a batata não existiam. 

Quando o maridão chegou, voltamos a fazer a comida direitinho e ainda inventamos moda: teve mussarela de búfala na chapa, smoothie de morango e na noite de sábado, sashimi.

Comer salada de alface com frango grelhado todo dia enjoa e faz desanimar. Por isso vale buscar receitinhas light/diet ou mesmo inspiradas nas dietas de baixo ou nenhum carboidrato como Dunkan ou Atkins. 

Caminhada:

Lamento dizer, caminhei só um dia. E dessa vez não vou sentir culpa, pois sozinha em casa com um bebê de quatro meses é impossível fazer qualquer coisa além de cuidar dele e usar o tempinho que ele dorme pra usar o banheiro e dormir também. Além do mais, estou tão absurdamente sem energia que só não estou indo dormir as oito da noite por ter mil coisas pra fazer.

Mas sou obrigada a reconhecer: no dia seguinte à caminhada acordei bem mais murcha! 

O desafio:

Estar morta de fome e cansaço e fazer comida. Simplesmente não dá. Teve dia que comi um ovo cozido com a sopa de muitos dias atrás. Mas pelo menos não foi pizza... rs 

O Resultado:

Essa semana foram embora 1,6 quilos! Perto dos 3,6 da semana passada parecem poucos, mas mais de um quilo por semana é algo que eu nunca consegui antes. Ao todo, em 14 dias, foram 5,2 quilos eliminados.

Claro, que pra quem está de fora, mal dá pra notar. Mas pelo menos meu rosto parece que já perdeu o jeitão de bolacha Trakinas.


OK, talvez não esteja tão evidente. Mas eu vi a diferença e isso que importa! rs


Para a próxima semana:

Caminhar, caminhar e caminhar. Ou eu pego gosto de novo na malhação ou não me chamo Carol. Espero que eu me sinta mais animada e com mais energia, agora que estou acostumando a comer tão pouco e com tantas restrições.

Atendendo a pedidos, também vou começar a postar as receitinhas que funcionaram por aqui! E aceito sugestões!

Beijos GG!

Carol



4 comentários:

  1. Uau, Carol, arrasou! Também comecei a dieta na semana passada, e ver o seu progresso também me anima :D Realmente, fazer receitinhas diferentes faz toda a diferença e até nos faz esquecer as gorduras, frituras, farinhas e laticínios (minha dieta é sem glúten e sem lactose). Parabéns, querida, tamo junto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju, tiro meu chapéu. Eu ia pirar ficando sem lactose. Vamos comemorar em grande estilo nosso progresso! Beijos e tamo junto!

      Excluir
  2. Parabéns pelos resultados, Carol! Adorei a ideia do smoothie, vou adotar!
    Agora, quanto aos exercícios, vale a pena tentar fazer, viu?
    Eu estou mudando a minha relação com a alimentação. Tento pensar que é como dinheiro. Posso gastar apenas o que eu tenho, ou ficarei devendo (ficar devendo = ganhar peso). Mas o melhor é economizar um pouco daqui, se eu quiser fazer uma extravagância ali. E essa equação tem duas soluções: ganhar mais e gastar menos. O "ganhar mais", na dieta, é o exercício: além do que a gente queima, aceleramos o nosso metabolismo pra continuar queimando por mais 24h. O "gastar menos" é consumir menos calorias, e alimentos mais saudáveis, que façam o corpo da gente funcionar direito.
    O que eu descobri é que fazer exercícios quase que diariamente me permite fazer algumas extravagâncias alimentares de vez em quando, e ainda assim atingir os meus resultados. Sacou? Pra mim, começou a funcionar de verdade, depois de tantos anos de efeito sanfona. Espero que a minha filosofia de boteco também possa te ajudar a seguir em frente, com determinação! (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lari, lindona, há quanto tempo a gente não está nessa! rs No meu caso, não teve sanfona, eu só engordei nos últimos dez anos. Mas sua filosofia de boteco está certíssima: não existe um ex-gordo até que se pegue gosto pelo exercício físico. Nosso corpo sempre vai querer "ficar devendo". Quero sua história aqui! Beijos e obrigada pelo apoio!

      Excluir


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com