Mamãe MaGGnífica: o que vestir depois que o bebê chegou?

escrito por Carol Caran


A diva Adele prioriza o conforto e não fica muito diva
quando está sendo mãe...
A não ser que você seja a Gisele Bundchen, se vestir depois de ter neném é algo bem complicado. Eis a situação: você não está mais grávida, logo não vai usar aquelas batas soltinhas que realçavam o barrigão.

Na verdade, depois de passar algum tempo usando pijama, você vai querer usar alguma roupa que te faça lembrar mais de si mesma. As visitas, as consultas médicas, os compromissos sociais e rotineiros vão ressurgindo e com eles, a sua vaidade. 

Só que o barrigão continua lá, mas sem o neném pra justificá-lo (tem coisa mais chata do que ouvir "pra quando é o neném" depois que ele já nasceu?). Você muito provavelmente não vai entrar tão cedo nas roupas de antes da gravidez, mas também não vai querer saber das roupas de grávida.

E se for gente como a gente - em oposição às celebridades que tem babá 24 horas por dia, personal trainer, massagem, tratamentos estéticos e muita grana pra investir - vai ter conciliar o estilo com a rotina puxada da maternidade, a forma de bola e grana limitada. E agora?

O jeito é tentar ser prática. Seguem algumas dicas que tem funcionado pra mim e pra amigas com filhos com quem troquei muita experiência. 

1) Invista em roupas de malha e muito algodão: não importa se seu bebê é recém nascido ou já corre por aí, o fato é que
A blogueira Jay Miranda num look mamãe romântica
mães precisam de peças confortáveis e flexíveis, além de fáceis de lavar e passar, seja por ter que se mexer muito ou pelo forma física em mudança (especialistas afirmam que mulheres comuns levam de 6 meses a um ano e meio para retornar ao corpo de antes da gravidez). Prefira as malhas que tem bastante algodão. Lembre-se que você não pode usar muito perfume por um tempo e roupa sintética "pega" cheiros. Fora que pegar neném com roupa escorregadia é meio perigoso. O bom é que a malha é o tecido mais usado em confecções e marcas plus size.

2) Aposte na modelagem em "A": roupa larga demais fica desleixado, a justa marca a barriga, então o jeito é apostar na modelagem em forma de "A", que é mais justa em cima e larguinha na parte de baixo (pensa num vestido trapézio). Assim você cria a impressão de cintura e as banhas não ficam em evidência. 

3) Reforme as roupas de grávida: Apertar aquela pantalona molinha ou ajustar aquele vestido lindo que você comprou durante a gravidez e só usou uma vez economiza muita grana. 

4) Substitua enfeites por estampas e cores da moda: você não vai poder usar tachas, spikes, paetês, anéis, colares e pulseiras cheios de pontas e peças que machuquem o bebê. Então pra ficar com um visual mais estiloso, invista em blusas ou calças estampadas ou coloridas nas tendências que você mais gosta, como animal print, photo print, aztec print, oriental, estampa de lenço, navy, floral e muitas outras. Você vai se sentir menos "básica" e mais estilosa. 

Beyoncé: maternidade com estilo
5) Aproveite a onda das camisas: se você está amamentando, vai precisar usar blusas com abertura frontal. As camisas estão em alta, então use e abuse delas. Sugiro as que tenham elastano na composição, em razão do conforto. 

6) Fuja dos saltões e das rasteiras: sapato de mãe tem que dar sustentação, seja pra carregar bebê+carrinho+bolsa+bolsa do bebê com segurança, seja pra correr atrás de criança, pequena ou grande. Portanto, guarde os saltões pros momentos não maternais. Mas evite sapatos muito rasos. Com muito peso e passando muito tempo em pé, suas costas e joelhos vão doer a beça. O ideal são sapatos e sandálias bem presos aos pés, com sola de borracha e algum saltinho. Minha sugestão: as estilosissímas slipers, que além de confortáveis, estão com tudo. 

6) Escolha bem os acessórios:  não adianta uma clutch linda, se você não tem mão pra carregá-la. Ou ainda um brinco maravilhoso onde seu filho vai prender as mãozinhas e te deixar com um bonito rasgo no lugar. Nos momentos dedicados ao seu pequeno, prefira acessórios práticos e seguros. Deixe o balangandã pra outra hora.

Alguns dos meus looks de mamãe:


Blusa Talento Moda Minas | Calça Three Seven | Slipers Daleph | Óculos Ray Ban | Cardigã Lojinha de                  Campos do Jordão


                              Camisa Privilegius | Calça Quintess | Slipers Dakota | Óculos Chili Beans

7) Tenha uma roupa de brincar: seja durante a licença-maternidade ou de fins de semana, arrume uma calça molinha e uma camiseta largona, beeem confortável, mande tudo às favas e se jogue na brincadeira com seu bebê. Afinal, enquanto eles são crianças, ser mãe é ter todo amor do mundo no seu colo.

E um feliz dia das mães para todas as Mamães MaGGníficas!


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com