Os Beatles e a moda

escrito por Maggníficas


Vocês já viram nosso ensaio "The MaGG Four"? (se não viu corre que tá lindo!)
Então, hoje vamos explicar melhor porque escolhemos os beatles e o que eles tem a ver com moda. Já tínhamos dado uma prévia aqui, mas agora vamos dar mais detalhes!

Primeiramente vamos parabenizar os Fab Four!!!
Hoje completa 50 anos do lançamento do primeiro álbum do grupo!
Em 22 de março de 2963, "Please please me" chegou com tudo e estava sendo sacramentado o lançamento daqueles que, a sua maneira, dividiram a história da cultura mundial!
Esse álbum foi gravado em apenas um dia (assim como nosso ensaio!rs), ou melhor, em menos de 10 horas e chegou a ficar 30 semanas como o mais vendido do Reino Unido

Agora vamos entender a relação dos Beatles com a moda:


Inicialmente, George Harrison, John Lennon, Paul McCartney e Ringo Starr queriam conquistar o mundo com sua música e sonhavam em ser astros do rock, como Elvis Presley. Por isso apostavam na rebeldia e podiam ser vistos usando topetes e jaquetas de couro, assim como tantas outras bandas da época. Mas acabaram por aceitar a proposta comercial do empresário Brian Epstein e foram lançados ao sucesso engravatados e com ternos justos, passando a ditar novas tendências.


Tempos depois, os "bons moços" Paul, John, George e Ringo, já enquadrados na estratégia comercial, almejavam uma alfaiataria diferenciada. Inspirados por um dos responsáveis pela revolução na indumentária, no prêt-à-porter e por tantas outras ideias futuristas e visionárias - Pierre Cardin -, o terno italiano clássico, ajustado e preto, passou para cinza, ficou mais reto e o paletó perdeu colarinho e lapela, em uma clara referência ao collarless jacket.


Nessa primeira fase, também houve uma enorme contribuição da banda ao hair style, com seus famosos cortes volumosos e franjinhas, gerando novo impacto comercial e aumentando o faturamento dos salões de cabeleireiros.

Quando lançaram seu sexto álbum, "Rubber Soul", The Beatles já haviam conquistado o mundo! Estavam mais maduros e puderam imprimir melhor seus estilos aos figurinos, cabelos e músicas. Houve mudança, inclusão de efeitos sonoros, melodias e temáticas mais elaboradas.

Visualmente, os ternos são substituídos por calças e blazers descoordenados. Os cabelos ficam menos
certinhos e a cara lisa começa a dar lugar à barba. A partir daí, a escolha das roupas se dava a partir de suas próprias experimentações sociais e musicais, embaladas pelas viagens psicodélicas a que se submetiam a cada álbum. Com "Sgt. Peppers", os figurinos ganharam cores que exprimiam a ousadia da banda. 


Brincaram com o conservadorismo britânico usando bigodes e cavanhaques e investindo em estampas.
Após uma viagem à Índia, incorporaram ao figurino do grupo as batas indianas. Temáticas infantis e místicas entraram para o mundo do rock e a cultura oriental ganhou novas proporções no ocidente. E, mais uma vez, o quarteto revolucionou os costumes com influência em diversos campos culturais que reverberam até hoje em dia - alguém já falou em Boho e Folk aí?

E a associação dos músicos com o mundo da moda está longe do fim, mesmo tantas décadas após o fim da banda. Marcas do mundo todo, inclusive brasileiras, ainda se inspiram no quarteto e em suas canções para criar os mais variados tipos de produtos. Um exemplo é a coleção de inverno 2010 da grife brasileira "Lore", toda inspirada na música "All we need is love". Já em 2012, a "Comme des Garçons" criou uma linha de malas e roupas chamada The Beatles, que trouxe como tema a maçã, símbolo da Apple Corps. Ltd., empresa que administra os direitos autorais da banda. Para estampar os produtos, a Apple disponibilizou seu arquivo com imagens de referência à estilista Rei Kawakubo, a fim de que ficasse livre para idealizar as criações.


Os Beatles são um dos melhores exemplos de como partes tão distintas podem formar um todo maior e melhor que cada uma delas e muito harmônico. O estilo da bateria de Ringo Starr, tão diferente das  melódicas linhas de base de Paul McCartney, da nova dimensão trazida por John Lennon para o ritmo da guitarra e os solos de George Harrison com tantas e tão diversas influências, formaram um grupo único e os alçou ao sucesso.

E foi nesse espírito de unidade das diferenças que fizemos nosso ensaio fotográfico "The MaGG Four".

Veja mais fotos aqui!!

Ficha técnica:
Produção: Equipe MaGGníficas
Fotógrafo: Henrique Pimentel http://www.zhp.com.br/


Um comentário:

  1. Parabéns para as Maggníficas, isso sim!!!!
    Daniele amiga, muito legal essa de falar da moda tendo este grande conjunto que marcou e marcará a vida de muita gente, como bano de fundo.
    Gostei, um brinde às Maggníficas!!!

    ResponderExcluir


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com