ESTRIAS, CELULITES E OUTRAS PARANOIAS – parte 3

escrito por Maggníficas



STATUS: QUASE SOLTEIRA

Tô pensando em acabar com o Wagner. Sério. O cara é broxante. Não na hora H, mas em outros momentos.

Vive me chamando de gordelícia, mas, na verdade, só dá atenção para o meu bumbum. Deve ser um desses bundólatras incorrigíveis.

Não dá pra entender os homens. Eles são de Marte e nós de Vênus. Só pode. Aliás, acho que sou de outra galáxia.

Aposto que ele nem olharia pra mim se eu fosse uma “desbundada.” Magérrima, então nem pensar. Na rua, já o flagrei olhando para uma mulata com quadris imensos. Se eu não estivesse ali, aposto que ele ia correndo atrás dela!

Naquela hora, eu queria soltar um daqueles palavrões impublicáveis. Quem nunca? Mas deixei pra lá. O reinado dele está acabando mesmo...

Quando esse dia chegar. Nem vai adiantar ele me dá flores. Pra me reconquistar, ele vai ter de trocar as flores por uma Schutz, bombons por um Blackberry... e por aí vai.

A reconquista vai sair caríssima!

Se eu fosse uma daquelas morenas esculturais que tem por aí, eu ia matá-lo de ciúmes. Participaria do Garota da Lage, usaria um fio-dental minúsculo, além de um bronzeado impecável.

Ou melhor: participaria da nova edição do BBB e me tornaria a maior periguete da casa. Anamara feelings!

E se um dia ele me traísse, aí sim o veneno ia ser mortal. A vingança seria inspirada em Suéllem Rocha, a famosa Mulher Pera. Ao invés do número da candidatura, eu escreveria com batom o nome do meu amante no bumbum e divulgaria a foto nas redes sociais.

Tem vingança melhor? Aceito sugestões.

Wagner é desses que acha que o ponto G da mulher fica lá embaixo. Dãaaaaaa! O ponto G da mulher é o ouvido. É só ele me conquistar plenamente que vai ganhar todo o resto.

Ok, a mulher é um enigma mesmo. Nem Freud entendeu as mulheres, imagina o Wagner, com o cartão de crédito estourado!

Acho que vou ali na cozinha me empanturrar de chocolate. Tô provando até do amargo!

Best antidepressivo ever!

Acho que já tenho uma saída. Quando dormir, vou criar um amor inventado. Imaginado mesmo. Mergulhar naquele sonho inesquecível.

Lá, além de um homem perfeito, um cartão de crédito ilimitado. Yes!

Por Ricardo Allexxandhry
Posts relacionados:


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com