Será que não é você que afasta os pretendentes?

escrito por Daniele Santos



Já falei um pouco sobre o livro AleGGria (que ainda não terminei de ler e acho que nem vou terminar). Comentei que eles tem alguns trechos bem interessantes e vou transcrever um que acho que pode ser uma bela injeção de animo para maGGníficas!

O livro mostra a opinião de alguns homens apresente depoimentos de amantes de gordinhas. Selecionei um deles para mostrar para vocês, não é um depoimento utópico, mas pode nos ajudar a enxergar que valorizamos coisas erradas e por isso acabamos perdendo aquela felicidade que estava ao nosso lado

Carol aprendeu a se amar e encontrou o seu amor!

" 'Vocês, gordinhas. muitas vezes afastam as pessoas. Vocês têm tanto medo de ser rejeitada, ou de sofrer, que acabam rejeitando ou não permitindo uma aproximação. Meu maior problema com as mulheres gordas não é gordura, mas a baixa autoestima que elas têm. Com o tempo essa baixa autoestima cansa, destrói o tesão e o relacionamento. E elas juram que foi a gordura que matou tudo, mas, acreditem. não foi.

Se nossa gordas soubessem que sentimos prazer nelas, justamente naquilo que elas mais detestam: as curvas amplas, o corpo cheio, as formas opulentas, suculentas e gostosas de pegar e apalpar.
Mas aí vem a baixa autoestima e coloca tudo a preder. Você sente... Percebe o constrangimento que ela tem do corpo. É algo tão palpável  como se vocês fossem três: você, ela e a vergonha. Isso os acompanha no cinema, no restaurante, no motel, nas ruas. E é muito dolorido sentir o corpo de quem você ama se retesar diante das piadas imbecis, que imbecis soltam sem pensar: "E aí cara. Aposto que com ela você goza duas vezes, né? Uma quando goza e outra quando ela sai de cima, né?". Já quebrei o nariz de um cara por dizer isso, mas não consegui quebrar a baixa autoestima de muitas e muitas mulheres gordas pelas quais me apaixonei.
Por mais que você tente mostrar a ela o seu amor, muitas coisas ela mesma dificulta. Por exemplo:

Elogio: elogia uma mulher gorda com baixa auoestima é meio complicado. Ou ela acha que você está brincando, ou querendo alguma coisa, ou fazendo piada. Sua reação imediata é geralmente nunca acreditar na primeira vez. Por mais que você fale, ela não acredita. Algumas até me pediram para parar de elogiar, pois parece que em algum lugar esse elogio, que ela acredita ser falso, machuca e magoa. Entendo que eu sou apenar uma pequenina voz elogiando no meio de milhares e milhares de vozes criticando, com as quais essa mulher já conviveu, convive ou conviverá.

Lingerie: Comprar roupa intima para uma namorada gorda é mais dificil do que comprar um elefante roxo em uma floricultura. As numerações geralmente acaba e você nem chegou perto de falar o número dela. Fora enfrentar o riso contido de balconista quando você pergunta se tem algo sexy.

Paciência: para amar uma mulher gorda você tem que aprender a ter paciencia. Paciência com as pessoas que vão sempre de uma forma ou de outras questionar o seu relacionamento, e principalmente paciência com a amada, quando você ama alguém que não se acha digna ou merecedora do amor de ninguém. Ela pensa e foi ensinada que ficar acima do peso destrói automaticamente o botão que faz com que os outros a amem. A fórmula em suas cabeças  é a seguinte: gordura + excesso de peso = ninguém vai me amar nunca!

Parece que ser gorda é um crime e de alguma forma você tem q pagar. Não é fácil se sentir diferente, pois sabemos que o mundo faz a mulher gorda se sentir rejeitada e rejeitar o próprio corpo. Mas, em vez de lutar contra isso, muitas mulheres simplesmente abaixam a cabeça e aceitam o veredicto: ninguém gosta de mim!

Comida: o que é uma coisa simples e rotineira para vários casais, para quem está com uma gorda não é. Você de cara, na hora de pedir o prato, perceber que seu amor está em luta com ela mesma. Ela está com vários dilemas para resolver:

a)Escolher o que realmente quer e não dar a mínima para a opinião alheia, inclusive a sua!

b)Escolher o que pode ou não comer, de acordo com a dieta escolhida naquela semana (elas sempre estão de dieta)

c)Escolher o que vai deixar que você e o resto do restaurante vejam o que ela come, pois nesse caso o dilema se divide em dois: se ela come pouco, os olhares para vocês dizem o seguinte: "Olha-lá-a-gorda-fazendo-regime!" Se ela como o normal ou um pouco mais, os olhares já mudam: "Olha-lá-a-gorda-se-entupindo-de-comida, Depois reclama!" E te digo, meu amigo, que a hora da sobremesa, então, é uma agonia.

Meus Deus! Parece que ter gordura extra é pecado capital! Ainda por cima vemos a TV e as revistas lotadas de anúncios de garotas com corpo magro e esbelto. São modelos de 14 a 15 anos, com maquiagem e cabelo de mulherão. Fora isso, o photoshop ajuda um bocado. Mas nossa amada acreeediiitaaa que é aquilo que nós cobiçamos. Ela não pensa que é normal uma garota magra de 15 anos não ter celulite ou gordura localizada. 

Mas quando essas garotas são entrevistadas, vem aquela pergunta feita por algum apresentador com cérebro de ameba: "O que você faz para manter esse corpo tão lindo? Ensine as nossas telespectadoras, para que elas possam ser felizes também!"

Aí o feto responde: "Eu só como alface, tomo vinte litros de água por dia e malho durante oito horas". E as telespectadoras se sentem frustradas e infelizes. E sua amada também.

Eu digo sempre: Mulher para mim tem que ter o corpo cheio, bochechas gorduchas e muita coisa para apertar, apalpar, beijar e amar. Quando será que encontrarei uma mulher que seja tudo isso, mas que acima de tudo se ame, se goste e se ache maravilhosa, para que a baixa autoestima não estrague tudo novamente? Não sei... mas continuarei procurando!'


João V., 28 anos, comerciante"

Retirado do livro AleGGria - Linda, gostosa, amada, poderosa e muito feliz com o peso que você tem.    de Nelma Penteado - Ed Matrix - Páginas 142 a 144.


Postagem relacionada:

>> Encontrando sua AleGGria


2 comentários:

  1. será que ele quer casa comigo?kkkkkkkkkkkkkkkkkk....
    Meu ex namorado também gostava de mulheres mais gordinhas.Quando conheci ele eu estava em uma super dieta e estava quase chegando ao meu peso ideal faltava pouco, pouco ai ele começo você ta meio magra e vir com pensamentos calóricos e esqueci da dieta e comecei a engordar....agora por outros motivos larguei dele a pouco tempo e a pressão vem em cima de todos os cantos....nossa vc ta gorda por causa dele, olha o q vc permitiu ser quando começou a ficar com ele, desse jeito vc não vai ser feliz, absurdo ir em lojas de gordas para comprar roupa pra você, vc ta terminando a faculdade e como vc vai fazer com o vestido de formatura?
    Pior quando você entra em uma loja e a atendente te olha com cara de dó, como se estivesse olhando para uma criança novinha com câncer...por isso que a autoestima vai la para o chão....por mais que eu esteja acima do peso eu me sinto feliz, hoje eu me aceito e tento valorizar o que tenho de melhor....mais é só verem que você está bem o povo solta o clássico nossa como ela é relaxada...está gorda assim e se sente bem que falta de amor próprio....já escutei isso mil vezes
    por isso tudo quando alguém vem te elogia você sempre fica com o pé atras, pois 90% é dó...ou nossa que rosto bonito é pra acaba!Ser mulher fora dos padrões hoje é muito complexo

    ResponderExcluir
  2. Eu não acho quem me admire....

    ResponderExcluir


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com