Se você não gosta de gordo...

escrito por Maggníficas


A Carol Viana mandou pra gente um post do blog Reticências Digitais chamado "10 gordinhas pra ninguém botar defeito". A matéria é super bem feita e traz algumas modelos plus sizes ao redor do mundo. Todas lindas e todas gordas (depois vou reproduzir aqui).

Mas eu confesso que fiquei estarrecida com o teor dos comentários. Com algumas poucas exceções, os mais de 40 palpites são no mínimo desagradáveis, alguns mais agressivos. E o que me deixa mais desanimada é a pseudo fundamentação de que "gordo não é saudável", "gordo não se cuida". 

Ninguém precisa gostar de mulher gorda. Não é necessário que todos no mundo as achem belas. Mas o que dá na cabeça das pessoas de achar que podem ofender o gordo livremente? Por que a mídia, a medicina ou sei lá mais o quê decreta que todas as pessoas no mundo que comem direito e malham um pouco são magras? E ainda que o gordo não se cuide, que não seja saudável, no que isso é problema para as pessoas individualmente? 

Você ofenderia um magro diabético? Ou quem sabe, vão malhar pessoas com enxaqueca? Não é o que fazem com pessoas que não são saudáveis?

Segundo o Ministério da Saúde, praticamente 50% da população brasileira está acima do peso. Isso significa que metade do país está sujeito a agressões e ofensas? Como se cada pessoa soubesse exatamente como é a vida do outro e pudesse chegar à "brilhantes" conclusões a respeito da obesidade alheia. 

Se não gosta de gordo, não namore/case/ame um. Mas é um princípio básico da democracia e por que não, de humanidade, respeitar as peculiaridades alheias. Enquanto você se dedica à academia e dietas, morrendo de medo de ficar gordo, eu temo deixar o mundo para pessoas assim.  

E vamos combinar, eu não tenho NADA pra fazer quando alguém acha a Tara Lynn feia... 


6 comentários:

  1. Belo post, Carol!! Não entendo o argumento de querer colocar defeito e culpa em que é gordinho... As pesquisas científicas são inúmeras mostrando que há "n" fatores da obesidade e realmente, não se pode alegar que o gordo não é saudável e não se cuida... Essa imagem retrógrada da mídia logo cai por terra, se Deus quiser!!! Beijosssss

    ResponderExcluir
  2. Também não entendo de qual é a desse povo! Acho normal uma pessoa não querer ficar com um(a) gordo(a), as preferencias existem e cada um tem a sua! Isso não é uma ofensa... mas, se ta a gordinha ali no canto dela sendo feliz... PRA QUE ENCHER O SACO!?

    Ninguém conhece a vida dela, ninguém sabe os motivos dela ser assim! Pode ser problemas de saude, psicológicos... ou simplesmente pq ela escolheu ser feliz sem precisar se preocupar com o que esta comendo!!!

    Logico, a saúde é fundamental... mas quem disse que não pode ser saudável sendo gordinha? É necessário sim uma alimentação saudável, exercícios... mas p/ que deixar de lado uma sobremesa bem gostosa!? kkkk

    Por isso que quando falam naquele negocio de cartilha contra o preconceito gay nas escolas eu acho que deviam mudar essa ideia p/ cartilha contra o preconceito!!! Pq é isso que nossas crianças estão se tornando, cada dia mais preconceituosas... e ai viram esses trastes ai!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em gênero numero e grau com vcs!!!

      Excluir
    2. Concordo em gênero, número e grau com vcs!!!

      Excluir
  3. Tb odeio esses comentários de que gordo não se cuida, não é vaidoso e não se preocupa com a saúde. A mídia quer cada vz mais colocar isso na cabeça das pessoas. Se fosse assim não existiriam pessoas magras com problemas seríssimos de saúde. rs

    Eu adorei o post, mto interessante.
    Bjks ")

    http://lumanzana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Quando vejo uma magra "linda" se mantendo a base de cigarros e vômitos, no mínimo, imagino que 2 pedaços de pizza e uma barra de chocolate não vão ser tão prejudiciais assim! Há 8 anos, um médico me disse que se eu não perdesse peso logo, eu estaria com os joelhos detonados. Nada me aconteceu, continuo andando muito, e quando levo minha mãe à fisioterapia, vejo muitos jovens magros relatando problemas sérios nos joelhos. Será que sou um caso raro?

    ResponderExcluir


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com