Milagre MaGGnífico

escrito por Marina Sena


Hoje vim falar sobre um livro que li há um tempo: Milagre nos Andes.
O livro é sobre um acidente que aconteceu com um avião uruguaio que caiu na Cordilheira dos Andes, numa sexta-feira, 13 de Outubro de 1972.
Nando Parrado, um dos sobreviventes do acidente, é quem narra essa história comovente e emocionante que nos mostra como é importante o trabalho em equipe, força de vontade e superação.
Assim que o avião caiu, Nando, então com 22 anos, permaneceu inconsciente durante 3 dias. Seus colegas achavam que ele não sobreviveria. Quando Nando acordou, sua mãe já não estava mais viva e sua irmã ainda respirava, mas a situação dela era crítica. Porém sem estrutura adequada para suportar o frio, sem estoque de alimentos e sem água (a neve das montanhas chegava a cortar a boca), ela não aguentou e faleceu em seus braços.
Nando não se entregou aos Andes, e liderou o grupo de sobreviventes (que cada dia diminuía) determinado a escalar as montanhas atrás de socorro.
Eles improvisaram uma porta para se protegerem do frio, dormiam juntos para se aquecer e davam socos uns nos outros para o sangue continuar a circular pelo corpo.
Sem escolha, alimentaram-se da carne dos que não sobreviveram.
  
Nando foi em busca de socorro junto com Roberto Canessa após 61 dias do acidente. Andaram cerca de 60 km pelas montanhas, em 11 dias, até encontrarem Sérgio Catalán, que finalmente foi atrás do resgate.
Foi inacreditável! O cancelamento oficial da busca do avião foi feito após 10 dias da queda e quem imaginaria que após 72 dias ainda haveria algum sobrevivente?
Como os únicos que sabiam a localização exata do avião eram Nando e Roberto, eles teriam que voltar lá junto com o helicóptero de resgate, para mostrar o caminho. Roberto quase não conseguia andar e estava muito doente, então Nando os acompanhou. Imaginem retornar ao local que você acabou de sair e poderia ter morrido! Desesperador. Nando teve uma força impressionante!
Nando casou-se e teve duas filhas. Tornou-se um grande empresário, escreveu esse livro sobre o acidente e atualmente dá palestras motivacionais sobre como vale a pena lutar pela vida. Nando e sua família já retornaram ao local do acidente mais de 17 vezes.


É surpreendente pensar que esse acidente aconteceu há 40 anos!
Super indico a leitura desse livro! Tem tantos detalhes! Nando diz como se sentiu em cada minuto, nos mostra o quanto foi difícil esses 72 dias e o quanto o amor de seu pai o ajudou nesse momento, mesmo estando tão longe!
E às vezes reclamamos tanto da nossa vida né? Precisamos refletir...
Eu com certeza passei a ver algumas coisas com outros olhos! 


Um comentário:

  1. Marina, eu conheci um dlees em 2004 acho. Não me lembro qual fgoi, mas ele veio dar uma palestra aqui em RP. Realmente, são histórias de superação emocionantes.

    ResponderExcluir


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com