Clássicos MaGGníficos: Vermelho Valentino

escrito por Carol Caran


"Uma mulher de vermelho está sempre magnífica!" já dizia Valentino. 


Pausa para me manifestar dizendo que acho um LUXO o meu estilista favorito usar o nome do bloguinho (com um G só, vá lá, mas ainda assim) sintetizando o que de melhor uma mulher pode ser.Voltemos ao post...

O estilista cria para tornar as mulheres bonitas. Entre suas peças não há espaço para conceitos de gostos duvidoso, bizarrices ou excentricidades, tão recorrentes no mundo fashion. Tudo que Valentino faz transmite elegância, feminilidade e muito, muitoooooo glamour.

Breve História

Valentino Garavani é italiano, iniciou sua carreira solo com a alta costura, após ter trabalhado para nomes como Balenciaga, Jean Desses e Guy Laroche.

Na década de 60, Valentino encantou Elizabeth Taylor que encomendou um vestido branco para a estréia mundial de Spartacus, fazendo com que o estilista se tornasse um dos preferidos das grandes estrelas. Em seguida, criou sua grife prêt-à-porter.

Na décadas seguintes, Valentino foi se diversificando, criando coleções de sapatos, óculos e bolsas. Atualmente, o fashion group possui três subdivisões: Valentino (o famoso V), que compreende as linhas de maior prestígio - alta costura, prêt-à-porter, óculos, perfumes e acessórios); Valentino Caravani e Valentino Roma, dedicadas às malas, bolsas e artigos de couro, e a R.E.D. Valentino, grife jovem e mais acessível.

Em 2007 Valentino anunciou sua retirada da grife, apresentando sua última coleção ready-to-wear em 2008.

Rosso Valentino



“Vermelho é forte, dramático e definitivo como o branco ou preto. Vestir a cor numa festa é certeza de uma grande entrance”


Segundo a biografia do mestre, de autoria da jornalista Suzy Menkes "Valentino Garavani - Una Grande Storia Italiana" (publicado em edição limitadissíma ao preço "básico" de 4 mil dinheiros), o estilista se encantou com o Vermelho ao notar seu impacto no figurino da ópera de Barcelona. Ao lado do branco e do preto, tornou-se sua cor mais utilizada e batizada com seu nome.

Junto com os laços, flores e drapeados detalhistas, o vermelho aparece como o símbolo do romance e da sofisticação. Histórias de amor, bailes em Paris, diamantes e champagne fazem parte da idéia que um vermelho Valentino transmite.

Como usar


Pra começar, esqueça o Vermelho Valentino no dia a dia. Essa é a cor do luxo e da paixão e pede ocasiões (ou pelo menos intenções) especiais.

Tenha isso em mente: uma mulher de vermelho sempre será notada. Experts aconselham usar a cor em momentos cruciais no trabalho nos relacionamentos. Existem estudos sérios a respeito do efeito da cor no humor das pessoas (você nunca verá um hospital vermelhão!) que comprovam o que todo mundo já sabe: vermelho é quente, belo e atrai olhares.


O risco é parecer over. Pergunte a qualquer homem o que ele pensa sobre unhas, lingerie, cabelos ou roupas vermelhos e a resposta varia entre "super sexy" ou "vulgar", mas nunca neutro ou indiferente. Ligada à sensualidade, a roupa vermelha pede mais cautela na modelagem e na quantidade de pele à mostra.

Na opinião do mestre, é a cor que combina com todas as mulheres. Pense em negras, morenas, ruivas, loiras... Todo mundo fica bem nesse tom de vermelho, que é algo entre o vermelho-sangue e o vermelho-tomate. 

No red carpet, o rosso brilha em vestidos de festa luxuriantes. Por ser uma cor intensa, dispensa bordados e brilho. Tecido nobre e alguma ousadia no modelo (por ousadia leia-se aplicações de tecidos, cortes inusitados, palas e golas e não decote até o bumbum). Prata fica bem com a cor, mas o dourado nasceu pra fazer par com o vermelho!

Para ocasiões menos luxuosas, opte pelo nude mais bege - amarelado, areia, manteiga - e não rosado. A dupla vermelho e preto é uma ótima pedida mas fashionistas A-DO-RAM looks monocromáticos nessa cor!

Vermelho com branco faz pensar em Papai Noel, mas em doses pequenas a combinação funciona.

Outra opção é quebrar roupas neutras com acessórios vermelhos, como bolsa, carteiras e sapatos. Transmite ousadia e personalidade ao visual, sem chamar atenção. 

Pronta pra clássicos que arrasam?


A atriz Christine Hendricks conhece o efeito que causa uma ruiva em seu red dress: no black tie ou em eventos menos sociais, ela abusa das cores em modelos comportados e tecidos com leve brilho. 










A modelo Tara Lynn em dois momentos red: vestidos transpassados e de modelagem clean que ficam poderosos na cor certa. 


Oprah em versão mais magrinha e mais gordinha, com e sem cabelão (notem as costuras e os drapeados na região da barriga que afinam a cintura)


Amber Riley e Queen Latifah: red no red carpet


O modelo da Spicy e Vitta embelezando ainda mais a modelo Alessandra Linder


E a Ale Linder linda numa versão social pra um editorial do blog Mondo Moda. O vestido é Alcaçuz e esse brinco azul ficou lindo e inusitado. Adorei!


A modelo Cléo Fernandes arrasou no ousado macacão da Realist Plus Size. 


As modelos lindas Carla Manso e Silvia Neves em duas edições do FWPS mostrando que o vermelho é lindo em todo tipo de beleza. 


Nossa Marina Sena, no DDM do Blog Mulherão quebrando o nude com as sandálias matadoras.  



E o meu vermelho de cetim, lá pelos idos de 2003 (ai ai meu manequim 44) confessadamente inspirado na Satine do Moulin Rouge. 

Se você tiver uma foto sua despertando paixões de vermelho, nos mande em: maggnificas@gmail.com


5 comentários:

  1. Esse Valentino é MaGnífico mesmo hein! Rsrs. O vermelho é mara, adoro!!
    Amei os looks, usaria fácil fácil...
    Ah! E nunca passo despercebida quando saio com minha sandália vermelha da foto! Ela é linda!

    ResponderExcluir
  2. magnifico o post sobre vermelho mesmo. otima escolha de fotos tb!

    ResponderExcluir
  3. nossa caiu como uma luva essa postagem carol. tenho um casamento pra ir e nao sabia o q usar... agora ficou claro pra mim que vou de vermelho!!! depois eu mando as fotos pra vc postar!! bjo

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Vermelho é realmente puro poder.. e falar em Valentino então!!!! Glamour em sua tradução mais pura.
    Parabéns pelo post, Caran. Informação coerente, de bom gosto, assim como o assunto proposto. Eu diria que combinou perfeitamente com vc, assim como o dourado nasceu para o vermelho. Orgulho, parceira.

    ResponderExcluir


Somos Marcella Rosa e Marina Sena, parceiras no blog, na luta e na vontade de mudar - nem que seja um pouquinho - o mundo. O Maggníficas é um pouco de nós, porque aqui tem moda democrática, empoderamento feminino e amor próprio. Nosso foco é a sororidade e a vivência plena de todos os corpos, porque acreditamos que somos todas maggníficas e que todo mundo pode tudo!

maggnificas@gmail.com