Post da série Maggnifiquinhas
_________________________________________________________________________________

Essa semana, vimos O Menino do Pijama Listrado na escola. Estamos estudando sobre as guerras, e o filme foi uma parte da nossa matéria, pra gente entender as coisas um pouco além dos livros. (Spoilers!) O filme é um drama e eu já sabia que ia derramar algumas lágrimas, mas o fim trágico dos meninos mexeu comigo muito mais do que eu esperava. Eu me controlei muito no dia pra não chorar, mas lá no fundo eu estava triste, de verdade. Estava triste de saber que eu vivo num mundo onde pessoas foram tratadas piores do que animais e morreram de maneira brutal só por não seguirem um padrão. Só por isso, sabe? Eram todos humanos, iguais a nós. Eram pessoas. Tinham família, trabalho, família, filhos. Eu parei para refletir um pouco, e conclui que se alguém da minha turma saiu da sala de vídeo aquele dia com algum pensamento preconceituoso sobre qualquer coisa na cabeça, não entendeu nada. É claro que o filme foca só nos judeus, mas eles não foram os únicos que sofreram naquela época. E para mim, todo tipo de preconceito de hoje em dia, pode ser visto da mesma maneira como os judeus são retratados lá de uma maneira menos radical. Se hoje em dia, casais sofrem ataques violentos nas ruas só por se amarem, para mim, é um reflexo. Ninguém deveria ser tratado dessa forma, ninguém. Nem a pior pessoa do mundo. Somos diversos, mas, repito, somos todos iguais! Somos humanos! E é nesse ponto que eu quero chegar. É claro que naquela época havia muito mais coisa envolvida além do preconceito contra as pessoas diferentes, mas é nesse preconceito que eu quero focar.

(Stranger Things por motivos de: amo demais!)

Sabe, ninguém precisa gostar de nada, nem precisa ser. Só precisa respeitar e ter um pouco mais de amor ao próximo. Você não precisa achar um cabelo crespo bonito, e nem precisa mentir dizendo que acha. Você só não tem dizer que ele é ruim, ou que parece uma lã de aço. Sabe por quê? Por que isso faz as pessoas ficarem infelizes e inseguras. Você também não precisa achar um corpo gordo bonito, nem mentir dizendo que acha que gordinhas são as melhores. Você só não precisa dizer que a pessoa em questão precisa emagrecer e também não precisa mascarar o seu preconceito com a saúde da pessoa em questão. A única, única coisa que eu, você, e todos nós devemos fazer é viver a nossa vida do jeito que achamos melhor sem ferir ninguém. O mundo seria um lugar melhor se tivéssemos respeito mútuo sempre. Se, no lugar de “Você NÃO PODE DE FORMA NENHUMA fazer coisa tal” as pessoas dissessem “Não concordo muito com isso, mas a decisão é sua” o mundo com certeza teria menos conflitos, menos desavenças, menos infelicidade. No meu ponto de vista, seria um lugar com muito mais amor e empatia.

Sinceramente, é o mundo em que eu gostaria de viver.

Mas esse texto aqui é só uma reflexão.

Mariana Fernandes, 14. Nascida no verão, na região metropolitana de BH. Amo ler e escrever. Ainda não sei o que quero ser quando crescer, só quero ser muito feliz e realizar o meu trabalho da melhor maneira possível. Cacheada assumida com muito amor!
 
 
Você tem menos de 18 anos? Tem vontade de escrever sobre o universo feminino? Se identifica com o Maggníficas? Então vem escrever no Maggnifiquinhas! Um espaço no bloguinho feito pra você! Mande seu texto, foto e mini bio para maggnificas@gmail.comou nos dê um oi por lá que a gente retorna contando tudinho! 
 
Esse é um espaço para dar voz a meninas jovens. Não necessariamente é a opinião das blogueiras. O empoderamento também passa pela possibilidade de diálogo.







Oi, pessoal!

Eu adoro ver e saber sobre o lançamento das coleções das nossas marcas preferidas e eu vim mostrar aqui os meus preferidos da Melinde (são a minha cara)!


A coleção verão 2017 da Melinde tem cores vibrantes como o laranja e o vermelho, contrastando com as cores frias dos tons de azuis e verdes. A estamparia digital é assinatura da marca, que vem com modelos e tecidos trabalhados que transitam entre os florais tropicais, étnicos e listrados.




Tem também muita cintura alta, vestidos e saias evasês em comprimento midi, numa pegada que eu amo demais!


Não tá uma lindeza? A coleção completa pode ser conferida AQUI.

Esse post não é um publi.
Fonte: divulgação

Gostaram das minhas escolhas? Me contem! Pode ser aqui, no Face ou no Insta! O nosso é @maggnificas.

Beijo beijo!







Oi, minha gente! Como vocês estão? Hoje vim mostrar um look todo amor! 

E ele é todinho com peças que já apareceram por aqui, então é amor de verdade verdadeira mesmo, porque a gente ama fazer uma composição novinha com peças que vocês já conhecem ♥


A blusa apareceu num look da Marcella, com uma saia lápis preta e branca e sapato vermelho (clica AQUI pra ver). É lindo de ver como nós conseguimos adaptar uma mesma peça a estilos e corpos diferentes, como o meu e o da Má são - e a gente acha isso TÃO bacana que existe uma coluna no Blog só para essas combinações (olha AQUI)! 

A blusinha parece mesmo uma bata, numa modelagem soltinha e bem confortável. Fica ótima no corpo! Tem detalhes lindos em renda, resultando num recorte bem maravilhoso no colo e nas costas, além do detalhe na manga. Percebam também o elástico no final, que deixa a manga mais fofinha, numa modelagem mais ampla, trazendo uma vibe boho à composição:



Vocês sabem que eu sou o arco-íris ambulante registrado do Blog, que troquei peças pretas do armário por peças coloridas e estampadas, mas como uma boa virginiana, eu a-d-o-r-o um detalhe. E nessa blusa que é preta, esses detalhes ficaram ainda mais lindos! Vocês não acham?


Combinei a blusa soltinha com a saia azul marinho com recorte e aplicação de ilhoses, que tô amando! Ela já apareceu também em um look da Marcella, com blusa com recortes e aplicação de tachas (clica AQUI) e em um look meu, com cropped listrado e manga ombro a ombro, com aplicação de patche (clica AQUI para relembrar). E agora, uma nova versão:


Essa saia é puro amor porque veste super bem, a cor é linda, tem esse recorte maravilhoso e aplicação de ilhoses, trazendo um charminho a mais ao look todo! E é bacana também ter um detalhe na saia, equilibrando o look, já que a blusa chama bastante atenção para a parte de cima do corpo. Não ficou lindimais?


Blusa: Tuba Plus
Saia: Tuba Plus
Sandália: Galinha Morta
Brinco: Marisa
Anéis: o de pérola é da C&A, o maior em círculo é da QBela Biju, o do lado é da Marisa

Fotos: A Casa Retrato

Gostaram do look? Me contem tudo, vai! Pode ser aqui nos comentários, no nosso Facebook, ou no nosso Instagram (@maggnificas).

As peças são fruto de parceria com a marca, que é ciente de que nós só postamos looks com peças que realmente gostamos, e que expressamos nossa real opinião sobre elas. Se está aqui é porque é de verdade mesmo!

Beijo beijo!







Não sei quem sabe da nossa história, e talvez isso interesse pouco as pessoas por aí. Não importa tanto assim para quem entra no blog só para ver alguma dica de moda ou para ler minhas crônicas.
Mas para mim importa.


Eu sou amiga de longa data da idealizadora desse blog, a Carol Caran. Ela é minha irmã, mesmo. Uma pessoa que fez com que minha identidade existisse. Sabe? Ela é um pedaço de mim. Quando ela me convidou para entrar pro Magg, ela sabia das minhas limitações e sempre me entendeu. Ela sabia que eu faltaria de compromissos importantes por causa de aula e atrasaria textos porque o doutorado me consome.


Ela sabia. A Marina não. A Marina era uma mulher totalmente desconhecida pra mim. Tudo que eu sabia dela é que, ao contrário de mim, ela é toda positividade. E linda, de doer os olhos. Mas isso eu via como qualquer pessoa que frequenta o blog é capaz de ver.


O que eu não via - e um ano de convívio me motiva a redigir esse texto - é que eu acharia uma companheira. Que não só entende minhas faltas, como me motiva. Que aceita meus problemas e me ajuda a pensar sobre eles. Que tem orgulho do que eu sou e me dá orgulho do que ela é.


O que eu queria dizer é que as fotos são lindas quando estamos juntas, mas é mais que uma foto. Que se um dia não tiver mas Maggníficas *bate na madeira*, sempre vai ter a Ma e eu. Sempre vai ter uma mensagem de áudio no meio da manhã reclamando de qualquer coisa. Sempre vai ter uma discussão séria. Sempre vai ter água com gás, cerveja, abraço. Sempre vai ter um chaveco bem pedreira que eu vou soltar para ela não perder o costume.


Sempre vai ter sororidade e apoio. Que ela guenta as minha e sabe que eu guento as dela. Que tudo que a gente faz, quando faz junto, fica mais bonito. Nosso sorriso não é só pra foto não. É pra vida.



ps: ela nem imaginava que esse texto ia sair... surpresinha no meio da semana faz parte de uma boa amizade.









Quem acompanha nossas redes sociais sabe que segunda-feira estive prestigiando o lançamento da nova coleção da Pernambucanas! O evento aconteceu aqui em São Paulo, no aconchegante restaurante tailandês Marakuthai.

Assim que cheguei, pude conhecer as peças da nova coleção de pertinho, inclusive a coleção infantil e masculina; estava tudo bem lindo e organizado, com as estilistas de cada segmento à disposição para nos contar cada detalhe.




A coleção Primavera-Verão 2016/2017 é inspirada nas Rivieras ao redor do mundo, que resultaram em peças leves e descontraídas, atendendo a todos os gostos e estilos! Isso é muito bacana porque a Pernambucanas tem investido cada vez mais em atender nossos desejos e sugestões, de verdade, ouvindo o que temos para dizer.

Há detalhes como renda, transparência, estampas florais, estampas de azulejo/porcelana, estampas geométricas, listras, ilhoses e cores! ♥





Nós já conhecíamos a coleção plus size, que foi a desfilada no último Fashion Weekend Plus Size! As peças estão mesmo lindas e adorei as cores vibrantes dessa linha!

No evento, pudemos experimentar algumas peças e então escolhermos uma para chamar de nossa: a melhor parte é que nós podíamos customizá-la na hora, do jeitinho que nosso coração mandasse.



E eu fiquei alucinada pela blusa ultra-alongada que é um dos hits da coleção, e de cara olhei para os shortinhos:



Resolvi então experimentar a calça, o que foi uma surpresa para mim, já que não sou a maior fã e sempre costumo ficar de olho nos shorts, saias e vestidos.




A surpresa maior foi quando a calça vestiu perfeitamente e eu amei, e é flare! Não é linda demais? Adorei a cintura que é altinha, o caimento, o conforto e esse fechamento com os botões!

Juliana Ali customizou minha calça numa pegada hippie/good vibes, que eu adoro! Um símbolo da paz num bolso, meu nome do outro lado, estrelas na barra e a frase amô! Ela manda bem demais, e além de manjar muito, é maravilhosa! É a simpatia e girl power em pessoa! Amei conhecer pessoalmente!





Também fiz rasgos no joelho da calça, que mostro em breve num look, só pra vocês! E por falar em look, tô é apaixonada pelo look que usei nesse dia:

Cropped Marisa
Sandália Prego
Bolsa Galinha Morta
Brinco Iyá Iyá

A coleção completa está disponível em todas as lojas Pernambucanas a partir de hoje ♥

Fonte e fotos: divulgação e acervo pessoal

Me contem o que acharam? Pode ser aqui, no Facebook ou no Insta (@maggnificas).
Beijo beijo!







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...