Oi, pessoas lindas! Como vão?

O look de hoje ainda é com cabelo castanho! Fotografei antes de mudar a cor, mas prometo que em breve já posto com o cabelinho novo :)

Preciso dizer que estou amando as peças que estão aqui nessas fotos! 




A blusa amarela foi uma surpresa para mim, já que nunca pensaria em usá-la, mas que resolvi arriscar e amei: ela já quase anda sozinha de tanto que uso! É toda em amarelo com detalhes em branco, e tem aberturas na parte do colo e nas costas, e eu adoro esses detalhes! E apesar de ter uma cor forte e chamativa - e linda! - essa blusa nos dá a possibilidade de várias combinações, e depois eu mostro outras opções para vocês comprovarem! Outra coisa bacana é que ela tem uma leve transparência abaixo do busto, causando um efeito bem legal. Estou amando!

E essa saia, minha gente? Eu já tenho uma toda bandage que aparece sempre aqui (relembre AQUI e AQUI, por exemplo), mas essa é nova para mim! Ela é bandage e flare: muito amor, né? Ela pode ser chamada de saia bandage flare ou também de saia fit and flare em bandage. É a saia que começa ajustada ao corpo (fit) e abre em godê na barra (flare), modelo que veste super bem e confortavelmente vários tipos de corpos! 


Geralmente essa saia é mais usada em produções noturnas, mas quis mostrar que ela também é super usável durante o dia, combinando com a blusa amarela e mais alegre. Também combinei com sandália de salto e acessórios com cores parecidas com as da blusa e da saia.

Alguém ainda duvida de que #todomundopodetudo?



Blusa: Three Seven
Saia: Three Seven (tem AQUI, AQUI e AQUI)
Sandália: Galinha Morta
Colar, anéis, brinco e pulseiras: Acervo (não lembro mais de onde são)


Fotos: A Casa Retrato 

Gostaram do meu look? Me contem! Aqui, na Fan Page do Blog ou no nosso Instagram!

Beijo beijo,
Marina


1 de set de 2015

Checklist de limpeza diária

Pequenas tarefas de limpeza realizadas diariamente facilitam o dia-a-dia e ajudam a manter a casa limpa e organizada.


Na correria do dia-a-dia, limpar a casa de maneira eficaz pode ser um desafio. Muitas vezes, a opção é escolher um único dia para limpar tudo de uma vez o que, além de cansativo, pode se tornar uma tarefa estressante, já que o acúmulo de sujeira e a bagunça geram desconforto e por isso, acabam deixando as pessoas extremamente irritadas. Mas, nem tudo está perdido.

Algumas tarefas, quando realizadas diariamente, poupam tempo  e evitam transtornos. Por isso, para organizar a limpeza diária da casa e aperfeiçoar a faxina, o ideal é elaborar um cronograma de limpeza doméstica, ou um checklist, com tarefas que não duram mais do que 30 minutos.

 


Quartos:



Primeiro passo: arrume a cama. Esta tarefa não deve levar mais do que 30 segundos e evita o desconforto causado pela impressão de um quarto bagunçado. Depois disso, guarde e pendure as roupas e os objetos, como brincos e colares, que estejam esparramados. Por fim, dê um jeito no seu criado-mudo: leve copos e garrafas d’água para a cozinha e guarde óculos e livros de leitura. Não se esqueça de abrir as janelas para ventilar e sempre que possível tirar o pó dos aparelhos eletrônicos.

Nos quartos, lembre-se de:

· Arrumar a cama
· Guardar roupas e objetos
· Organizar o criado-mudo
· Abrir as janelas
· Tirar o pó

Cozinha:



O primeiro passo para manter a cozinha limpa e organizada é manter a pia vazia. Por isso, não deixe acumular louça suja e procure estabelecer uma hora do dia para fazer isso, normalmente, logo pela manhã.

Outra sugestão é executar uma limpeza leve na cozinha, limpando os armários, o fogão e a pia com um pano úmido para retirar o acúmulo de sujeira. Não se preocupe em limpar a parte de dentro dos armários, retirando potes e panelas, apenas limpe o tampo e as portas.

Além disso, tire o lixo e elimine as “marcas problema”, ou seja, limpe rapidamente qualquer mancha causada por ter derramado algo no chão ou pontos de gordura os quais podem acumular mais sujeira. Deixe para passar pano ou lavar o chão da cozinha no final de semana.

Portanto, na cozinha, lembre-se de:
· Lavar a louça
· Executar a limpeza leve dos armários, fogão e pia
· Tirar o lixo
· Eliminar manchas problema


Banheiro: 



Após escovar os dentes e lavar o rosto pela manhã, aproveite o tempo para limpar a pia do banheiro. O ideal é sempre deixar um pano ou papel toalha disponíveis para este fim, guardados dentro do armário. Faça uma limpeza rápida.

Sempre que notar resquícios de pasta de dente ou outros produtos de higiene no espelho, limpe-os. Você pode utilizar os mesmo pano ou papel toalha utilizados para a limpeza da pia.

Aproveite o tempo em que está no banheiro para limpar também o vaso sanitário, utilizando uma escova própria para este fim. Além disso, utilize o mesmo pano da pia e do espelho para limpar o assento, no entanto, deixe para limpá-lo por último.

No banheiro, lembre-se de:
· Limpar a pia e o espelho
· Limpar o vaso sanitário e o assento


Salas:


Na sala de estar, organize o sofá, retirando os objetos, as migalhas e sujeiras acumuladas sob o móvel. Aproveite também para ajeitar as almofadas. Depois disso, concentre-se em eliminar a sujeira dos outros móveis, como a mesa de centro, a estante e outros armários. Execute uma limpeza leve, passando panos úmidos para tirar o pó e outras sujeiras. Aproveite para limpar os aparelhos eletrônicos, como a TV, por exemplo.

Por fim, nos quartos, lembre-se de:
· Organizar e limpar o sofá

· Eliminar a sujeira dos móveis
· Limpar aparelhos eletrônicos


Pequenas tarefas como essas facilitam o dia-a-dia e evitam o acúmulo de sujeira e o desconforto causado por uma casa desorganizada. No entanto, é importante lembrar que uma limpeza mais elaborada também deve ser feita. Lavar o banheiro, limpar os armários e os eletrodomésticos, lavar cortinas e travesseiros são tarefas indispensáveis, porém, devem ser realizadas com mais tempo e de preferência nos finais de semana.


Fotos : Pinterest  e Tudo no Lugar



Limpe a casa em pouco tempo e aproveite o tempo de sobra com a família e amigos!


Bianca bjs

Olá, sou Bianca Personal Organizer da empresa Tudo no Lugar.  
A organização está presente em minha vida desde sempre, é algo que me completa! Tudo no lugar surgiu para ajudar as pessoas que vivem na correria das grandes cidades, não tendo tempo para se organizar.

Um ambiente organizado gera menos stress familiar, traz harmonia para o lar, sensação de controle e bem estar. Manter a vida organizada gera um conforto e qualidade de vida.

O Personal Organizer é um profissional que ajuda organizar sua casa, cria condições para manter em ordem e apresenta soluções e instrumentos que permitem otimizar espaço e tempo.

A organização é um processo contínuo, pode exigir mais ou menos de acordo com o perfil de cada um. Mas acredite, é sim possível ser organizado.


O objetivo da consultoria é adequar o estilo de vida da cliente ao padrão de organização ideal para o seu cotidiano, levando soluções práticas e eficazes para a rotina da família. O serviço é totalmente personalizado e leva em consideração o perfil de cada cliente.

Entre em contato para mais informações!
Formas de contato:
Whatsapp: (31) 8778-0429


Aproveite e confira AQUI todos os nossos posts sobre organização.



Olá!
Quis fazer um look do dia menos preocupada com indicar boas marcas e combinações, mas para lembrar a nós todos que #todomundopodetudo. Já que eu, enquanto parte desse mundão, tenho que ter direito a usar o que eu quiser, apresento a vocês a minha versão embalada a vácuo: para dia e para noite. Afinal, quem disse que só gente magra usa roupa justa? (seria um contrassenso, haja vista que as roupas tendem a ficar mais justas em mim que no resto do mundo). De antemão, peço desculpas pela qualidade das fotos, mas foi porque tirei minutos antes de sair de casa, e, nas duas ocasiões, eu ia me divertir muito. De modo que: não tive nem tempo para um cenário adequado. Felicidade num espera, né?

 Essa é a versão um de mim embalada a vácuo: saia Hering com listras horizontais (subersivaaa!) e blusa da Lacastro, feita pela Camila. Porque eu sou fã: dela, de selfies e do Van Gogh!
 Uma alpargata das havaianas e tcharã: tô pronta para qualquer cerveja.
 Adoro faixas de cabelo. Qualquer lenço vira faixa na minha mão.

 Essa é a minha versão embalada-a-vácuo-gótica-da-noite. Acredita que esse vestido é tão velho que a marca apagou? Pois é. Mas é preto, é justo e tem detalhes nas costas. Ou seja: amor!
 Acrescido com um sapato estilo dança de salão (da Usaflex), meia cinza de bolinhas e bolsa envelope da musa Paula Ribeiro: pronto, tô pronta para tomar um vinho.

 Detalhe nas bolinhas e nos anéis!
Como eu me superei e fiz essa make - que eu considero boa - sozinha, achei importante revelar ao mundo. O batom é o diva da Mac.

Quer uma camiseta igual a minha? Tem a fanpage da Lacastro.
Bolsas Paula Ribeiro? Aqui!

E aí, vocês também curtem uma roupinha embalada a vácuo? Se sim, conta para mim. Pode ser aqui, na fan page do Blog ou no nosso Instagram (@maggnificas).



Oi gente!Nem só de looks de trabalho vive o meu Desafio dos 50 looks (se está chegando agora, clica AQUI pra entender). Vem ver o que rolou na última semana!

Look 12: Fomos passear no bosque, eu e a família. Fui de short branco, regata larguinha tênis pra caminhar bastante. Eu nem considero isso um look, mas acho que a proposta da coluna é essa mesma, então... Essa lindona que quis sair na foto é a Helga.




Regata: C&A | Short: Oito e Treze  | Tênis: Mizuno

Look 13: No domingo fui encontrar a Marcella pra um café. Repeti o short, coloquei as gladiadoras (que vocês já estão cansando de ver) e uma regata fofa rendada com tie-die. Levei o Capitão América comigo! 





Blusa: SLY  | Short: Oito e Treze | Gladiadoras: Taquilla (temAQUI

Look 14: Essa é a mesma calça que usei no outro dia (veja AQUI). Desta vez combinei com camiseta básica cinza e slipers meio cinza/cobre. Voltei à minha bolsa lateral velha de guerra (que também já apareceu AQUI e AQUI)





Calça: Riachuelo (ainda tem ela AQUI) | Camiseta: K2B | Slipers: Atelier FBX | Bolsa: Acervo

Gostaram dos looks dessa semana? Opinem aqui, na Fan Page, no Twitter ou no Instagram! E se quiserem participar, postem os looks de vocês com a #desafio50looks. 

Para ver os posts anteriores CLIQUE AQUI
Beijo!

Carol



Essa semana fui ao médico, para algo de rotina ginecológica: o papa nicolau anual. A médica perguntou minha altura: "1,74cm"; meu peso: "acho que uns 94 kg nesse momento".

Foi generosa, fez o exame com cuidado. Fez apreciações válidas. Contou coisas curiosas da vida dela. Elogiou minhas tatuagens. E eu pedi: "a senhora poderia me indicar um clínico também?". Pedi porque preciso passar por um clínico para poder procurar um dermatologista (no sistema de atendimento médico da unicamp é assim; e eu tenho tido muitas alergias cutâneas). Ela disse: "claro. Não quer que eu te encaminhe a um nutricionista também?"


Eu, sempre que vou ao médico, sei que isso vai acontecer. Independente de eu saber os dados sobre meu corpo e ter consciência de que não tenho absolutamente nada de errado. Eu disse, gentilmente: "olha, eu acompanho sempre: tenho tudo bem ok, além disso não sou nada sedentária, o que colabora e tal".


Ela me olhou de novo e disse: "E você nem tem gordura abdominal, que é realmente perigosa. Mas, estou dizendo isso como alguém que gostou de você: quando ficar mais velha, vai ser difícil emagrecer. E você (a frase fatídica) tem um rosto tão lindo".

É isso. E foi isso quando fui à nutricionista tratar minha intolerância a lactose e ouvi: "professoras tem que ser magras, senão são menos respeitadas"


E foi isso quando ouvi de um ex namorado: "você é linda, mas se perdesse uns 6 kg seria perfeita".


E foi quando ouvi, de um policial, sofrendo tentativa de estupro: "você que é MAIORZINHA, evita usar short tão curto que chama a atenção dos homens".


Gordofobia parece um termo engraçado. Quando eu digo, as pessoas riem. A associação gordo+sofrimento não está cristalizada se você não fizer questão de fazê-lo sofrer.


Veja essa imagem, achada na internet sem querer:


Não sei o que o autor da imagem queria dizer, aliás, nem sei quem é o autor (e estou aberta a essas informações), o que sei é como ela foi usada: por uma 'amiga' de facebook, para dizer que sempre houve dentro dela uma mulher magra e linda a se libertar.

Ainda que a maioria das mulheres que emagrecem não diz exatamente isso, o que vemos é uma associação constante de que as pessoas se tornaram felizes de verdade no momento em que emagreceram. E, mesmo que você ache que isso só diz respeito a você, quando você dá a entender que a sua felicidade provém exclusivamente da sua magreza, você está influenciando pessoas. Em geral, a maioria das mulheres que faz isso tem pouco poder de mídia, então, isolam-se e prejudicam só a si mesmas.
Porém, fico preocupada com alguns ganham fama, especialmente entre minhas alunas mais novas. Quando as vejo reproduzindo esse discurso e reproduzindo sofrimento, eu me lembro da principal razão que me fez ter querido me tornar uma Maggnífica: não deixar passar impune essa violência, porque #todomundopodetudo

Ah é. Agora sou oficialmente uma Maggnífica! Obrigada a todos que desejaram isso, às meninas mais maravilhosas do mundo que cuidam desse blog e a todos que ainda vão me ler.

Beijos vermelhos,
Rosa.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...